Guia prático do babaca no transporte público

destinobabacolandiaPhoto credit: Canadian Pacific via Visual Hunt / CC BY-NC

O ser humano é mesmo uma espécie curiosíssima. Você deve concordar comigo que há casos que deveriam ser muito mais estudados, já que não é possível que algumas pessoas consigam alcançar níveis tão altos de babaquice.

Infelizmente não podemos juntar todas essas pessoas e colocá-las em uma salinha para serem observadas por cientistas de Harvard, em contrapartida, faz parte da vida participar dessa grande dinâmica em grupo em que temos que interagir com todo tipo de pessoa, todo tipo de pessoa MESMO.

E em quais lugares encontramos o maior número de gente sem noção por metro quadrado? Isso mesmo, no transporte público. No ônibus/metrô/trem todo dia é um 7×1 diferente e nem adianta você dizer que nunca mais vai voltar porque eu sei que no dia seguinte você estará lá passando seu bilhete único.

Como não é possível deixar o busão de lado vamos lá, na lei da selva vence aquele que for mais folgado então se prepare para seguir essa cartilha direitinho:

1 – Não espere quem está dentro do ônibus/metrô/trem sair para poder entrar
É como dizem: tempo é dinheiro e dinheiro é uma coisa que nós plebeus não podemos desperdiçar. Também podemos aplicar aqui a regra de que se vai te beneficiar então não tem problema.

Leia mais »

Anúncios

Guia prático de como ser escroto no mercado

Nunca gostei de ir ao supermercado, sempre foi um lugar que eu evitava a todo custo, mas chegou uma hora em que a vida adulta falou mais alto e agora é uma visita quase semanal. Até aprendi os prazeres de escolher os melhores produtos e compreendi a alegria de encontrar o leite em promoção.

Só que as coisas não são como em filmes de sessão da tarde e fazer compras torna-se uma tarefa extremamente difícil por um motivo: há outras pessoas com o mesmo objetivo que o seu, querendo encher a despensa. E a gente sabe que é só juntar uma galerinha que as coisas desandam de vez.

Então depois de muito analisar e sofrer no mercado com atitudes escrotas chegou a hora de listar tudo para que da próxima vez que eu for fazer compras possa aproveitar e me vingar de cada pessoinha que me estressou nesse ambiente. MUAHAHA Se você também não aguenta mais, vem comigo, mas antes vamos combinar de não frequentarmos o mesmo lugar:

Leia mais »

Guia Prático de como ser inconveniente em um restaurante por quilo em 10 passos


A hora do almoço é sempre uma hora feliz, principalmente pra quem acorda cedo, toma café cedo e quando o relógio marca meio dia a barriga já está roncando. Você mal pode esperar pelo momento em que poderá pegar suas coisas e sair saltitante do trabalho até o restaurante. É lá que a mágica se completa. Ou o pesadelo começa. Geralmente você começa acreditando que é a primeira opção, mas em poucos segundos percebe que a 2ª é que vai prevalecer.

Gente filhadaputa existe em qualquer lugar, tanto que criei essa categoria de posts Guia Prático, mas no restaurante por quilo tem um pequeno agravante, já que o que está em jogo é comida. Não sei vocês, mas quando o assunto é comida eu me transformo e perco toda a racionalidade. Acho que não há palavras para expressar tudo que sinto quando encontro esse tipinho de gente sem noção na fila do quilo.

Se você também se sente assim, da próxima vez que você for ao restaurante por quilo e perceber que o lugar está cheio dessa gentalha, se prepare para despertar o pior de você e retribuir com jeitinho todas essas atitudes bizarras. Antes, só tenha certeza que as pessoas que estão na fila são as mesmas que causam as perturbações, ninguém do bem vai merecer essas atitudes:

Leia mais »

Guia prático de como ser o pior vizinho do mundo

Nesses meus 26 anos de vida tive muitos vizinhos, de todas as cores, sexo, idades, estados civis, tipo a música do Martinho da Vila. Posso dizer que fiz um intensivão que me capacitou a escrever esse post, principalmente porque acredito ter sido premiada com tanta loucura ao meu redor.

Antes de casar morava em um condomínio que parecia o Jambalaya, aquele de Toma Lá Dá Cá, depois mudei para uma casa no interior, achei que fosse viver em calmaria, mas parece que as coisas ficaram mais loucas. Da até pra escrever um livro só com história de vizinho.

Pensando em todas essas pessoas e todas as vezes que quis me vingar, juntei todas as atitudes mais bizarras e irritantes e criei esse post, assim, talvez, se eu fizer o pior de cada vizinho eu consiga me tornar a pior vizinha do mundo. Se você também não aguenta mais seu vizinho, respira fundo e se atente as dicas:

Leia mais »

Guia prático de como ser um babaca no cinema

Um dos meus passatempos preferidos é ir ao cinema. Caso você se pergunte o porquê dessa preferência, posso justificar rapidamente em poucas palavras: pipoca com manteiga + trailer. Mesmo assim o programa pode se tornar uma tortura se aquele tipo de gente conhecido como espírito de porco estiver perto de mim.

Você sabe, eles estão em todo lugar, eu diria até que é quase impossível passar um dia sem esbarrar neles. No cinema, claro, não seria diferente.

Então se você é uma dessas pessoas que gosta de aparecer e acha que há um jeitinho pra tudo, esse post é pra você. Dizem que se você seguir todas as orientações abaixo você consegue um tipo de carteirinha especial, dedicada apenas a quem possui esse dom único e desprezível.

Leia mais »