[Desafio 52 semanas] Semana 29: Filmes que falam ao coração

Antes de qualquer coisa eu queria dizer que sou uma chorona descontrolada. Sou dessas que chora até com trailer de filme. Sérião. Choro porque é triste, choro porque é bonito, choro porque corto cebola, choro porque não paro de chorar. Isso quer dizer que escolher 5 filmes que falam ao coração é um pouco mais difícil do que eu gostaria, então vou compartilhar alguns que me marcaram ao longo dessa minha vida de chorona assumida.

(Aceito sugestões de mais filmes para assistir com lencinho na mão. Eu gosto. Não me julguem.)

1 – O Rei Leão

Foi assistir ao filme para ele virar o meu favorito durante muitos anos. E toda vez que eu assistia eu chorava como se estivesse perdendo o meu próprio pai, eu queria abraçar o Simba (aí eu abraçava meu leão de pelúcia) e chutar a bunda do Scar. Disney + família + amizade + trilha sonora incrível = não tem como não se emocionar.

Leia mais »

Anúncios

Assisti: Minions, o filme

Assim que soube que iam lançar um filme dos Minions já comecei a vomitar arco-íris por antecipação, afinal, como resistir àquelas criaturinhas amarelas? A cada vez que via o trailer era impossível reprimir os “owns” e a expectativa só aumentava. Pois bem, o filme estreou e em meio a crianças vestindo camisetas, gorrinhos e até carregando pelúcias dos Minions, lá estávamos nós, eu e o mozão, prontos para amar aquelas coisas fofas que dá vontade de pegar no colo e cuidar pra sempre (ainda estou falando dos Minions).

Se você assistiu ao trailer deve ter reparado que havia um narrador e ele também está presente no filme, o que é ótimo já que os Minions são fluentes apenas em ba-na-na e na primeira parte do filme eles dominam completamente a telinha. Nessa parte vemos os capangas do Gru láááá no início de suas existências, ainda atrás de um vilão a seguir, seja um T.Rex ou o Drácula e como eles eram bons em fazer atrapalhadas e acabar com o reinado de seus mestres.

Leia mais »

[Desafio 52 semanas] Semana 24: Casais preferidos

Se tem algo que posso dizer sobre esse desafio é que ele me obriga fazer listas sobre coisas que eu nunca havia pensado a respeito, como quais são os meus casais preferidos, por exemplo. Preciso admitir que gosto de comédias românticas e vez ou outra me pego sofrendo com algum filme inspirado nos livros do Nicholas Sparks (um autor meio sádico aí).

O problema é que embora eu goste de filmes água com açúcar não sou muito boa em shippar, aliás, também sou péssima em criar hashtags misturando nomes de pessoas/personagens. Como o objetivo desse desafio não é imprimir foto de casal na camiseta, nem mandar cartas e mensagens ameaçadoras dizendo o quanto eu gostaria que um casal da ficção ficasse junto na vida real, ok fazer uma lista de casais fictícios favoritos, isso eu consigo:

1- Lily e Marshall (How I Met Your Mother)
Precisamos admitir, Lilypad e Marshmallow: Melhor. Casal. Quando Marshall viaja, para suportar sua ausência, Lily faz um boneco seu de travesseiro, o marshpillow. Antes de se casarem eles resolveram dormir separados uns dias, mas para que Lily não ficasse sem sua canção de boa noite de sempre Marshall grava um vídeo para que ela possa assistir. Na minha lista de casais preferidos (que até hoje eu não tinha) eles estão no topo. ❤

Leia mais »

[Desafio 52 semanas] Semana 08: Os melhores filmes infantis que já assisti

É difícil listar apenas 5 filmes infantis que eu gosto, afinal muitos marcaram minha infância e muitos eu continuo sendo apaixonada até hoje. Resolvi dar uma roubada no desafio e deixar de fora as animações, senão seria covardia e eu não saberia nem por onde começar. Vocês também tiveram infância, então sabem o tanto de tempo que gastaram em frente à TV assistindo cada um desses filmes.

Antes de tudo quero me justificar dizendo que pra fazer essa lista simplesmente levei em consideração quantas vezes assisti cada filme. Eu sei, vocês vão dizer que tinham muitos outros, mas é bem provável que eu também assistisse todos esses. Se por acaso alguma rede de cinema fizer uma sessão especial com esses filmes, não penso duas vezes antes de comprar as entradas.

Leia mais »