Não deixe de ver: How to get away with a murder

htgawm

Ao surfar nessa rede mundial de computadores vez ou outra chego até posts de amigos com dicas de filmes/séries/músicas e dependendo da empolgação de quem escreve eu realmente fico interessada em conhecer aquilo que estão falando pra saber se é essa Coca-Cola toda mesmo. É dessa forma que, às vezes, eu quero abraçar fortemente a pessoa que indicou algo tão maravilhoso.

Pensando nisso, venho aqui fazer o mesmo pois:

1º – Acho injusto guardar pra mim quando assisto uma série boa.
2º – Provavelmente nada do que você planeja fazer nas suas horas vagas vai valer tanto a pena quanto uma maratona de série legal.
3º – A indicação é certa, você não terá arrependimentos. Pode confiar em mim.

How to get away with a murder é a série que estou falando, aqui por essas bandas da Internet também é carinhosamente conhecida pela sigla HTGAWM.

howtogetatravalinguaQuase um trava-língua mesmo

Ela é uma série criminal em que podemos acompanhar o dia a dia da advogada e professora de direito penal Annalise Keating. Junto com Frank, seu braço direito, Bonnie, sua assistente, e seus 5 pupilos, estudantes de sua classe de direito escolhidos a dedo para estagiar com ela, vemos Annalise trabalhando na resolução de vários pequenos casos, defendendo não apenas aqueles de nobre coração, além, é claro, de um grande caso que vai guiar a história toda.

Poderia ser uma série criminal qualquer, mas não é.

Ver a luta entre o bem e o mal não é muito uma novidade, nem mesmo essa dualidade nos personagens em que ninguém é totalmente bom ou totalmente ruim é algo novo, mas imagine isso em uma série que envolve tribunal, defesa, acusação, crimes e advogados que a história fica interessante. Em algum dos episódios Annalise diz uma frase que pode dizer muito sobre a série, ela é mais ou menos assim:

“Não tem verdade no tribunal.  Só tem sua versão contra a dos outros. A justiça é assim.  Não tem certo, nem justo. É só a versão mais convincente.

E se a trama é boa, os atores não ficam atrás. Viola Davis é a atriz que dá vida a amada pero no mucho advogada que mantém o sangue frio para resolver seus casos – não só profissionais. Liza Weil, a Paris de Gilmore Girls, faz a assistente insegura que se esconde atrás de uma casca grossa. Já Matt McGorry, o John – sem graça – Bennett de Orange is the new black é Asher, um dos estudantes que está ali pra te fazer rir a cada cena que aparecer, mas que no decorrer da série você verá que é mais do que isso.

htgawmannalise

Outro ponto que conta a favor da série é a sua não linearidade. Ela vai e volta no tempo sem que isso te deixe perdido, apenas para revelar aquilo que você deve saber, na hora que deve saber. Esse artifício só faz aumentar o suspense e te faz criar novas teorias a cada fato revelado. Talvez seja esse o segredo pra te fazer repetir “só mais um episódio e depois paro”, mas você não para.

HTGAWM tem suspense, tem reviravolta, tem mulheres fortes, tem romance, tem boa história, bons atores, tem tudo o que precisa pra te fazer viciar e reclamar que tá demorando muito pra sair uma nova temporada.

É por isso que você já pode separar uma coberta confortável (a previsão para os próximos dias é de frio), colocar uma pipoca para fazer e se preparar para um novo vício! Ah, tem a primeira temporada na Netflix.

asherhaha1asherhaha2Ah, uns gifs do Asher antes de fechar o post HAHAHA

Anúncios

Um comentário sobre “Não deixe de ver: How to get away with a murder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s