Barney, o cão safadão

barneysafadao01

Há pouco mais de um mês chegou um novo morador na residência dessa que vos escreve: Barney – o safadão, um cachorrinho de 3 meses que veio encher a casa de pelos e amor. Não estávamos esperando por ele, simplesmente um dia o universo jogou um peludo em nossos braços e a gente que não é bobo nem nada segurou com força.

Nós planejávamos ter um cachorro um dia, ainda mais com todo esse meu jeitinho Felícia de ser, já imaginávamos uma vira-lata correndo pela casa, roubando meias e revirando lixo. Era questão de tempo pra isso virar realidade, mas às vezes as coisas acontecem meio de repente e diferente do planejado.

Foi tudo meio rápido e enrolado e de uma maneira bem resumida foi assim: A tia do Victor (aka mozão) foi fazer uma visita ao pet shop e depois de um mal-entendido ela acabou comprando o cachorrinho da cara malhada. Logo em seguida ela precisou operar e ele acabou ficando aqui por uns dias. Foi amor à primeira lambida, obviamente.

Se de um lado tínhamos que adaptar a nossa rotina durante alguns dias, de outro tentávamos não nos apegar já que logo ele teria que ir embora. O Doguinho (sim, de Dog mesmo, era o nome dele) ficou por aqui um, dois, três dias… Uma semana depois ele já se tornou membro oficial da família Fernandez-Neves.

Talvez eu deva tranquilizá-los dizendo que nós não roubamos o cachorro de ninguém, a tia do Victor só estava no pós-operatório, cheia de problemas e o Safadão (que a essa altura já o chamávamos assim devido a suas habilidades em fazer travessuras) estava bem adaptado e só não nos chamava de “pais” porque é um cachorro – e como é de conhecimento de todos os cachorros não falam.

barneysafadao03Tão adaptado que já está prestes a estragar um 2º chinelo meu
(mas só porque antes de tirar o chinelo da boca dele eu fico tirando foto)

Tudo isso foi só pra dizer que nesse primeiro trimestre já tivemos uma reviravolta emocionante em nossas vidas. Com o Barney já de novo endereço a primeira coisa que fizemos foi pensar em um nome, já que ele não seria Doguinho e eu também não teria coragem de chegar para o veterinário falando coisas como “Então o Safadão tem comido só porcaria”. Seria meio constrangedor, por isso decidimos tentar algo novo e depois de horas de brainstorm chegamos em Barney.

Ainda estamos em fase de adaptação, ele ainda não sabe direito onde fazer as necessidades e fica envergonhado de fazer o número 2 na nossa frente. Aliás, ele adora fazer necessidades em cima dos meus sapatos. Não nos do Victor, mas no meu.

Ele não é de latir, mas adora morder. Ele odeia ficar sozinho, odeia o som do liquidificador e tenho a impressão de que ele acredita que o aspirador na verdade seja um monstro. Por enquanto ele também não é um grande fã de banhos, mas a 2ª vez foi melhor que a primeira e com isso acendeu uma chama de esperança de que um dia poderemos dar banho nele sem a vizinhança achar que estamos matando o cachorro.

barneysafadao02concurso cão molhado 2016

Por outro lado ele adora quando penteamos ele, adora uma galinha de borracha que compramos e não importa o quanto eu esteja estressada, sempre que escuto o fuém da galinha eu caio na gargalhada. Ele também segue a gente por todo canto, todo canto MESMO. Não importa se eu tô lavando louça, escovando o dente ou cortando a unha, ele sempre estará no meu pé. Outro dia estava pintando o cabelo em casa e ele ficou no meu pé, por sorte eu não deixei cair nada em cima dele, senão agora eu estaria apresentando a vocês um cachorro ruivo. Agora enquanto escrevo este post onde ele está? Isso mesmo, esquentando meus pezinhos.

A gente ainda tem muito para se descobrir e descobrir novas maneiras de fazer as coisas funcionarem melhor. Eu já prometi ao veterinário que não vou mimá-lo tanto e já estamos seguindo as regras de colocar a comida só 3 vezes por dia. Daqui uns dias ele estará liberado para fazer seu primeiro passeio na rua e eu fico imaginando se ele vai correr tanto a ponto de ser ele a me levar pra passear.

Ter um cachorro não é novidade pra mim, mas ter o Barney é. É por toda essa empolgação que fiz um baita textão no estilo post-amor por aqui, para apresentá-lo oficialmente e avisar que vocês ainda verão muito dele por aqui! ❤

 

Anúncios

12 comentários sobre “Barney, o cão safadão

  1. Que fofinho! Dá vontade de apertar! 🙂
    Confesso que fiquei com uma certa invejinha! Sou doida pra ter um cachorrinho em casa, mas meu irmão tem muito medo, então ainda é uma coisa complicada! Mas quem sabe um dia né?

    • Eu também tinha medinho de cachorro, mas convivendo com a Mel, uma cachorrinha que meus pais adotaram, eu aprendi a amar mt mt mt esses bichinhos ❤ De repente vai com seu irmão numa dessas feiras de adoção, tem uns cachorrinhos mt amor pra amolecer qualquer coração!!

      • A gente já tentou pegar um filhotinho há uns anos e meu irmão quase teve um treco! Tivemos que devolver o bichinho antes que ele pirasse de vez! Mas já faz um tempo, quem sabe ele já não melhorou um pouco o medo né? 🙂

      • Poxa vida, quantos anos ele tem, Nina? Qualquer coisa começa com aquele lance de ~O segredo~. Mentaliza um filhotinho fofo aí que uma hora ele chega! auhahua

      • Ele tem 18, mas não quer nem saber de cachorro! Ele aceita gatinhos numa boa, mas aí minha mãe tem alergia.. Por isso acabamos ficando sem um bichinho em casa! Mas quando tiver minha própria casa eu dou um jeito de adotar um 🙂

  2. Coisinha marlinda! Incrível que hoje eu postei sobre a minha experiência com Shih Tzu (não sei se o Barney é de raça, mas parece um). Ele é muito ursinho de pelúcia né?! O Dominic está com 3 anos e creio que sempre será um bebê na casa!
    Um beijo e felicidades mil com esse novo mascotinho ♥

    • Simmm, o Barney é um Shih Tzu também e tô conhecendo sobre a raça agora! Vou olhar seu post pq já quero conhecer o Dominic! hahahaha ❤ E assim que ele chegou uma das primeiras coisas que eu falei foi sobre ele parecer um ursinho de pelúcia! Dá vontade de esmagar com meu abraço!

  3. eu. tô. gritandooooooooo com esse post fofo ❤
    eu já tive dois e deu muita dó quando meus pais tiveram que dar pq nos mudamos. hoje moro com amigos e queria mt poder adotar outro, mas tenho medo dele ficar mt sozinho pq eu quero viajar, quero sair etc né? aff difícil

    ps: adorei o apelido safadão!!! rs
    http://thymsn.blogspot.com.br/

  4. Mel dels morri ele é muito fofo quero apertar. Guria, logo que adotamos a Lupi, eu a Lola e a mãe perdemos TODAS as nossas havaianas, mais de duas vezes cada. Era uma de nós esquecer do chinelo no chão, pra por os pés no sofá, que ela ia lá, mordia só a tira até romper, e saía como se nada tivesse acontecido. Ainda bem – ou não – que dos únicos hábitos que ela ainda tem da fase filhote, é comer dinheiro. :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s