TAG: 5 coisas que eu fazia e não faço mais + 5 coisas que eu não fazia e agora faço

Semana passada a Leticia me chamou pra responder essa TAG que fala sobre essas mudanças que acontecem ao longo do tempo com a gente, comprovando que somos todos essa metamorfose ambulante – O que é bom já que hoje ela não come mais sabonete e eu passo menos vergonha.

Antes de começar a respondê-la já convido todo mundo a participar também. Podem deixar a vergonha de lado e compartilhem com o mundo essas mudanças para o bem ou para o mal.

Agora vamos lá:

5 coisas que eu fazia e agora não faço mais:

. Enviava solicitações de jogos para amigos no Facebook
Não me levem a mal, migos, mas eu criei o Facebook apenas para jogar Farmville. Na época era uma febre e eu só queria saber de plantar e colher meus morangos numa boa. Só depois que passei a usar a rede social como uma rede social de fato. Todo o processo aconteceu naturalmente, mas hoje não envio mais solicitação e já estou limpa há muito tempo.

. Virava a madrugada
Sempre fui uma pessoa que funciona melhor a noite. Dormir tarde é fácil e acordar cedo é difícil. Só que houve uma fase da minha vida que sempre que eu podia eu abusava disso, a família acordava e eu ainda sem dormir, ligadona, depois compensava dormindo até tarde. Hoje isso não acontece tanto, a vida adulta me chama e aí chega final de semana e o sono já dá as caras cedo, resisto o quanto posso, mas manter os olhos abertos até as 3 da manhã é uma vitória.

. Escrevia em diário
De papel, com canetinhas coloridas e com direito a cadeado vagabundo para esconder todos meus segredos (cof cof). Passava uma semana e eu já sentia vergonha de tudo que tinha escrito, arrancava as folhas, jogava fora e começava de novo. O processo se repetia até acabarem as folhas do diário e precisar comprar um novo. Looping infinito aqui, até o dia que cansei e parei com isso.

. Tomava banho demorado
Vocês se lembram daquela época em que a gente ficava horas no banho pensando na vida, tendo ideias brilhantes sobre tudo, cantava e recebia prêmios em forma de shampoo? Pois é, hoje não é mais possível, mas se for pra ter água por mais tempo eu nem vou reclamar. (Observação importante: Eu nunca cheguei a passar horas de fato no banho, só quis dizer que eu ficava um bom tempo debaixo d’água, ok?)

. Dançava axé
Sim, eu fui uma criança ordinária. Desde pequena dançava axé nas festinhas de família, dos amiguinhos e nos bailinhos da vida. Cheguei a fazer aulas de axé numa academia e a assistir o programa Mulheres da Gazeta só para aprender as coreografias. Pois é, nem eu consigo imaginar que já fiz isso um dia.

 

5 coisas que eu não fazia e agora faço

. Como coisas verdes
Isso não quer dizer que eu seja a louca das saladas, nem que eu faça um prato colorido, mas tá tudo bem comer um alfacinho vez ou outra, uma couve ou um brócolis misturado com alguma coisa. Eu gosto? Não muito, mas se faz bem pra saúde a gente tenta. Não quero o médico me encarando novamente com aquela cara de julgamento.

. Vejo folhetos com promoções de supermercado
Ah, a vida adulta! A gente cresce e fica responsável por nossas compras. Agora as coisas não brotam mais lindamente em meu armário, da pasta de dente ao feijãozinho, eu preciso ir até o mercado para que eu possa encontrar essas coisas na minha casa. E como a nossa mãe dizia, dinheiro não dá em árvore e são muitas coisas que precisam de dinheiro, então não me resta outra opção senão ficar de olho no preço das coisas.

. Caminho no parque
Quem me conhece sabe muito bem que eu poderia tranquilamente incorporar a palavra sedentária ao meu sobrenome. Já pratiquei esporte na escola, já dancei axé, mas depois disso meus únicos esportes foram levantamento de garfo e arremesso do corpo no sofá – E eu era boa nisso. Hoje para tentar acabar com a dor nas costas e parar de me cansar tanto só por subir as escadas para o quarto, vou caminhar no parque sempre que posso. Sim, caminhar, porque a tontona aqui não consegue correr e, acreditem, só de caminhar já sinto dores que são capazes de me paralisar pelo resto do dia.

. Uso o cabelo preso
Parece algo besta porque é algo besta. O problema é que minhas orelhinhas não são tão inhas assim e para toda criança/adolescente isso é um problema. O apelido que os não-amiguinhos colocavam em mim meio que me traumatizava e me impedia de prender o cabelo mesmo no verão. Eu preferia ficar com a minha juba de leão a prender o cabelo e controlá-lo. Hoje eu simplesmente não me importo mais e tá tudo certo.

.Transformar tudo em post
Depois que criei o blog parece que ativei uma parte específica do cérebro que transforma tudo em post. Nem tudo vem para o blog, alguns rascunhos ficam perdidos no celular ou no computador, mas tudo vira texto, do filme que assisti à lasanha que eu derrubei ao tirar do micro-ondas… As coisas vão acontecendo e já vou editando mentalmente antes de passar para o papel, é inevitável.

 

Anúncios

8 comentários sobre “TAG: 5 coisas que eu fazia e não faço mais + 5 coisas que eu não fazia e agora faço

  1. Luana, eu tb tinha vergonha do que escrevia no meu diário, ai tb arrancava as páginas, porém, tinha dó de jogá-las fora e por isso guardava dentro de livros que ficavam no meu quarto e ninguém mexia. Um dia minha mãe limpando encontrou e ficou sabendo dos paquerinhas. Morri de vergonha hahahaha

    Bjo!

  2. Acho que a última opção um fato universal de quem tem um blog iuaheiuhae, por tudo quanto é canto você olha e vê um post. “olha, uma árvore, vou escrever um post sobre isso”, e escrevemos mesmo. A parte de comer coisas verdes é uma tremenda batalha. Adorei a tag k.

  3. hahaha ameeeeei! Excelente seleção de gifs *-*
    Eu tbm virava a madrugada e hoje em dia sou uma vovó… não consigo! E eu tb tomava banhos com duração razoável, hoje em dia é tipo.. entra, se molha, fecha a agua, se ensaboa, abre a agua rapidao e fim. Tenso… mas é a vida né
    Eu tbm transformo tudo em post, e vivo com o cabelo preso! Nunca tive nenhum problema com orelhas, no meu caso eu encano porque acho minha cara meio redonda >_< mas que se dane, prendo o cabelo num coque mal feito e fim!
    Fiquei feliz que vc respondeu ❤ beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s