5 esportes que eu praticaria

Atualmente eu não sou uma garota muito atlética e ligada aos esportes, mas houve um tempo em que eu praticava tudo o que a escola oferecia e ainda participava de competições e ganhava medalhas. Isso quer dizer que eu era boa? Não muito, mas eu botava o corpitcho pra remexer e eu era mais saudável. Aí a gente cresce e vira essa bunda mole. Literalmente.

Hoje cada vez que eu tento praticar qualquer coisa eu falho. Eu desisto antes do fim, minhas costas doem, me falta o ar e eu sempre termino jogada no chão na posição de des-mai-a-da. Eu não me orgulho disso e pretendo mudar essa situação em algum momento da minha vida. Enquanto isso não acontece eu vou listando aqui algumas possibilidades que me agradam:

– Boliche de Kinect
Eu sempre gostei de jogar boliche, mas hoje eu não aguento o peso nem das bolas mais leves. Depois da primeira jogada meu braço já começa a doer e fica difícil continuar jogando direito e acertar qualquer pino. A dor é tanta que eu perco o controle do meu braço e jogo a bola aleatoriamente, às vezes acertando os pinos da pista ao lado. Então para evitar qualquer transtorno a solução seria jogar o boliche sem a bola, só detectando meus movimentos. Se colocam esse esporte nas Olímpiadas eu já me vejo ganhando medalhas e trazendo orgulho ao nosso país.

– Laser Shot
Eu não sei como isso ainda não virou esporte Olímpico (na verdade eu nem sei se isso é esporte, então se ainda não for o correto seria dizer: eu não sei como isso ainda não virou esporte). É preciso agilidade, estratégia, disposição, boa mira… São muitas qualidades juntas em um só esporte. Tão esperando o que? #OficializaComiteOlimpico

– Eukonkanto
Ou Campeonato Mundial de Carregamento de Esposas. Sim, isso existe e é realizado anualmente na Finlândia. O campeonato é exatamente o que o nome sugere: um homem carregando uma mulher por 253,5 metros com obstáculo e ganha o casal que fizer o percurso em menos tempo. Para mim seria molinho participar dessa prova já que eu sou do time do Jaiminho (o carteiro) que gosta de evitar a fadiga. O prêmio? O peso da mulher vencedora em cerveja. É verdade que eu não sou muito fã da bebida, mas, caso eu fosse a campeã, daria uma festa no estilo cada um leva algum pratinho e aí estaria tudo de boa. O que importa é a diversão, certo?

– Luta com sabre de luz
Vejam só, existe esgrima, que eu não sei como funciona e nem como isso conta pontos, mas imaginem que a gente possa substituir as armas usada nesse esporte por um sabre de luz que emite som? E tirar aquela roupa branca e trocar aquela máscara por coisas mais legais tipo fantasias? Ganha quem tocar com o sabre no adversário depois que fizer os movimentos mais elaborados.

– Bossabol
Eu não sabia o que era isso até me deparar com essa imagem aí de cima no Google. Parece ou não o esporte mais divertido do mundo? Ao ler mais sobre ele descobri que é uma mistura de vôlei com futebol, ginástica artística e capoeira, tudo isso em cima de colchões infláveis e trampolins acrobáticos, com música rolando solta durante o esporte. Já quero começar a treinar amanhã mesmo!

Observação importante: Quadribol só não entrou na lista porque ainda não existem vassouras voadoras. E a gente sabe o quanto elas são necessárias para o funcionamento adequado do esporte.

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros gente boa com saudade da internet old school. Para ver todos os posts do Lua Vai que fazem parte do projeto é só clicar aqui.

 

Anúncios

Um comentário sobre “5 esportes que eu praticaria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s