Somos todos desastrados

Semana passada postei no Facebook a ideia de reunir os desastrados desse mundão e montar um clubinho para trocarmos experiências, rirmos das nossas próprias merdas, ouvirmos histórias de superação, coisa e tal. A ideia pareceu brilhante e logo comecei a pensar além, para entrar no clube ser tapado é exigência e roxos no corpo contam pontos a seu favor. A mensalidade seria paga em tubos de gelol (sim, tubos, que é pra ficar com o cheiro da derrota nas mãos) e a cada reunião teríamos ambulâncias a postos para eventuais contratempos.

O que me motivou a postar tal mensagem obviamente foi algo desastroso que me aconteceu. Lá fui eu em uma quarta a noite fazer uma deliciosíssima lasanha congelada, estávamos cansados, o dia havia sido longo e tudo que queríamos era nos alimentarmos de forma prática e rápida. Depois de longos 13 minutos o microondas apita e lá fui eu toda serelepe, peguei o prato com o pote de lasanha e segui rumo à sala. Nessa hora escorreu um pouco de água quente na minha mão, me desestabilizei por um minuto e a lasanha e o prato ganharam vida. Em câmera lenta pude ver a tal lasanha 4 queijos dando piruetas no ar e, não mais que de repente, tudo estava no chão.

O mais irônico disso tudo é que eu só resolvi fazer a lasanha porque tinha limpado a cozinha e queria algo que não fizesse sujeira alguma. Quando me dou conta do que aconteceu vejo queijo por toda a cozinha. Queijo no chão, na parede, na porta, no tapetinho, no fogão… Meu Deus, como tinha queijo naquela cozinha! Eu nem sabia que era possível ter tanto queijo dentro de uma lasanha pequenininha daquela.

Claro, esse foi só um fato que aconteceu recentemente, mas, acreditem, esse tipo de coisa é algo que faz parte da rotina de uma pessoa desastrada. Depois do post do Facebook fiquei surpresa com a galera que se manifestou e descobri que há muito mais desastrados no mundo do que eu poderia imaginar. Somos um bando de loucos gente que tem roxos que surgem do nada, que tem copos que se quebram num passe da mágica e vivem esbarrando em pedras que brotam do meio do nada.

#SomosTodosDesastrados

 

Anúncios

8 comentários sobre “Somos todos desastrados

  1. Compreendo totalmente a situação, Lu! Esse fim de semana derramei calda de chocolate quente no pé da minha irmã. Acho que ela não deve estar mto feliz comigo hahahaha
    Bjo de uma pessoa está com um roxo no braço pq sabe lá como prendeu ele no ferro do ônibus :/ (Sim, esse fim de semana foi um desastre hahahah)

  2. Aqui os móveis vivem topando em mim. Sem contar que assar um bolo é igual a desgraça: acabo com uma feia queimadura em um dos braços, ou nas pernas… Comida quente é um perigo: sempre queimo a boca ou a língua. Falar no telefone, cumprimentar pessoas: sou um desastre. Mas a vida segue e depois eu dou risada da minha idiotice!
    Adorei o post!
    Beijos
    Grazy
    http://www.parolar.blog.br

  3. oi luana, tudo bom?
    primeira vez que venho aqui no seu blog e adorei o post… sua descrição ali no sidebar é uma das melhores que já li nos últimos tempos… hahaha! não me considero tão desastrada assim (sorte minha, porque minha irmã e minha mãe são desastradas ao extremo), mas com frequência descubro uns roxos pelo corpo e não lembro de onde eles vieram… acredito que seja pelo fato de eu não dar muita bola quando bato em algum lugar (culpo a coordenação e o equilíbrio nestes casos), mesmo que doa um pouquinho na hora, e depois não me lembro como foi que me machuquei… mas fora isso, de resto é bem tranquilo. mas boa sorte aí com as próximas lasanhas… de repente não escolher a de queijo novamente ajude. xP
    beijo, beijo!

  4. Eu sou muito desastrada e pior, em muitas situações já fico tensa por antecipação por ser desastrada e aí que a coisa desanda mesmo, ahhahaha

    Junto com isso, sou uma pessoa bruta e afobada, então já viu… ai, já paguei tanto mico nessa vida que muitas vezes começo a rir (pra não chorar ahahha)

    Um bj,
    Re

  5. Vou entrar nesse clube. Eu derrubo tudo, esbarro nas coisas, quando cozinho o fogão fica com todos os ingredientes registrados lá.. xD
    Meu, que dó. Derrubar comida especialmente antes de comer dá muita vontade de chorar eternamente. Fiquei imaginando a cena.. que dó, sério!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s