[Desafio 52 semanas] Semana 29: Filmes que falam ao coração

Antes de qualquer coisa eu queria dizer que sou uma chorona descontrolada. Sou dessas que chora até com trailer de filme. Sérião. Choro porque é triste, choro porque é bonito, choro porque corto cebola, choro porque não paro de chorar. Isso quer dizer que escolher 5 filmes que falam ao coração é um pouco mais difícil do que eu gostaria, então vou compartilhar alguns que me marcaram ao longo dessa minha vida de chorona assumida.

(Aceito sugestões de mais filmes para assistir com lencinho na mão. Eu gosto. Não me julguem.)

1 – O Rei Leão

Foi assistir ao filme para ele virar o meu favorito durante muitos anos. E toda vez que eu assistia eu chorava como se estivesse perdendo o meu próprio pai, eu queria abraçar o Simba (aí eu abraçava meu leão de pelúcia) e chutar a bunda do Scar. Disney + família + amizade + trilha sonora incrível = não tem como não se emocionar.

2 – Titanic

Eu era muito nova e não entendia todo o alvoroço das amiguinhas do colégio por causa do Leonardo Di Caprio, mesmo assim lembro-me de ter ido ao cinema com minha mãe para assistir Titanic. Mais uma vez eu digo: como chorei, meus amigos. Até hoje se quer me fazer chorar é só botar aquela música final do filme quando Rose sobe as escadas do navio para encontrar com o Jack no relógio.

3 – Um amor para recordar

Uma coisa precisamos admitir: Nicholas Sparks é um sádico. Um amor para recordar foi o primeiro filme adaptado de seus livros que eu vi. Eu era adolescente e nessa época tudo é muito intenso, então, pois é, muitos lencinhos de papel foram usados. Hoje eu até acho drama demais pra mim, mas é só começar os primeiros acordes das músicas do Switchfoot ou do New Radicals que já saio correndo atrás de mais lencinhos.

4 – Marley e eu

Quando a Mel chegou lá em casa era uma criaturinha fofa e parecia indefesa, mas do dia para noite ela foi possuída pelo ritmo ragatanga e aprendeu a comer porta, sofá, meia e o que mais visse pela frente. Quando o filme estreou comecei a desconfiar que Marley na verdade nunca existiu e que o autor estava espionando a nossa casa para escrever seu livro, que posteriormente virou filme. Talvez seja por toda a identificação que o filme mexe tanto comigo. Não consigo imaginar como será o dia que a Mel partir. Aí eu choro com o filme e choro de pensar que um dia isso pode acontecer.

5 – A vida é bela

Haja lencinho nesse mundo, minha gente! Eu não lembro exatamente a primeira vez que assisti a esse filme e provavelmente eu nem sabia do que se tratava, mas sei que se hoje eu assisto fico prendendo o choro desde o começo, porque eu sei do que se trata, mas não quero sair chorando antes das coisas acontecerem.

…                                                                   

Este post faz parte do desafio 52 semanas, para saber mais sobre ele é só clicar aqui e para ver todos os posts do projeto no blog, clique aqui.

 

Anúncios

Um comentário sobre “[Desafio 52 semanas] Semana 29: Filmes que falam ao coração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s