Temporada Final – Episódio: Decepção

Sou viciada em série e por isso sabia que mais cedo ou mais tarde aconteceria comigo aquilo que todos os seriemaníacos temem: a decepção com um final de merda de uma série legal. Pois bem, esse dia chegou pra mim, em abril de 2015 entrei oficialmente para o time dos frustrados com alguma série.

Em 2010 superei o final de Lost, foi de coração, eu compreendi e aceitei, mesmo com seus defeitos. Em 2014 superei o final de How I Met Your Mother, não era bem o final que eu queria, mas entendi o sentido de tudo aquilo, foi lindo e eu chorei. Só não superei o final de Dexter porque nunca assisti. A culpada por me fazer entrar para a estatística dos decepcionados foi The Mentalist.

Eu sei, quase ninguém assiste a essa série, mas tenho certeza que o sentimento que carrego aqui comigo é familiar ao de muitos decepcionados. Hoje venho aqui fazer o meu relato, quase como em um grupo de apoio já que eu sei que vocês me entendem.

Quando tudo começou eu pensei apenas que era uma série legalzinha, mas não demorou muito para prender completamente minha atenção. No caso de The Mentalist, Patrick Jane era um mentalista que usava suas habilidades enganando os outros dizendo ser vidente. Quando um programa de TV o chama para comentar casos de um serial killer, o assassino não fica satisfeito com as ofensas de Jane e para se vingar mata sua esposa e sua filha. Depois disso isso o charlatão resolve abandonar sua carreira e vira consultor do CBI, pois acha que assim ele poderá se vingar de Red John, o Serial Killer.

Pois bem, a série vai empolgando nesse jogo de gato e rato. Claro, tem altos e baixos, mas tudo dentro do esperado. Eu sei que vocês conhecem esse sentimento, você está ali acompanhando empolgadaço, sabe que alguns episódios são melhores que outros e por isso assiste compulsivamente a série, sempre em busca de um episódio melhor que o anterior. Você consome a série como consome um pacote de Doritos, sabendo que todos são bons, mas sempre tem uns mais salgadinhos que outros e são eles que te motivam a continuar comendo até acabar o pacote.

Eu ainda gostava de você, Patrick

Então chega o episódio que a série supera todas as expectativas, você fica eufórico, não consegue parar de repetir para você mesmo o quanto foi foda. Eu posso dizer exatamente o episódio que despertou esse sentimento em mim, foi o último da 3ª temporada. Foi perfeito, poderia terminar ali que eu choraria eternamente pelo seu fim. Mas não, eles continuaram por mais quatro temporadas. Qua-tro.

Depois disso eu sabia que seria difícil superar aquilo, mas eu tentava me enganar, como uma tola eu acreditei que eles fariam aquilo dar certo. Teve episódios bons, mas ainda nada tão especial. Na minha cabeça havia mil teorias, uma mais louca e incrível que a outra. Eu ainda tinha esperança de que a qualquer momento tudo aquilo pegaria fogo e levaria todos os espectadores à loucura.

Lá pela 6ª temporada algumas coisas começaram a esquentar. Eu comecei a sentir que o momento estava chegando, meu coração parecia que ia sair do peito com toda emoção e então…. Pluft. O sentimento era como o de quem compra uma Coca-Cola gelada no verão e quando abre percebe que a garrafa está toda sem gás.

O que provavelmente aconteceu com os roteiristas

Até hoje tento processar as informações. Tento me lembrar de cada momento do episódio, procurando por algo que provavelmente eu perdi, não era possível que tenham conseguido cagar tudo assim. Cogitei que poderia ser vingança de algum roteirista demitido ou então um diretor que quis colocar o sobrinho para escrever e dar uma força pro moleque.

O pior? É que aquilo não foi o final. A partir dali foi tudo ladeira abaixo. Sabe quando você passa de ano por ter tirado a nota necessária em todas as provas, mas precisa continuar frequentando a escola/faculdade para não bombar por faltas? Foi isso que fizeram com a sériezzzzzz.

Minha reação ao assistir tudo indo em direção à ladeira de merda

Não satisfeitos em passar metade de uma temporada enrolando eles ainda fizeram uma sétima e última temporada. Eu tentei manter a esperança, mas foi em vão. Fizeram um feijão com arroz, não quiseram arriscar, tentar algo novo, muito menos colocar a cereja do bolo – e mesmo assim esqueceram o tempero do básico.

Vou dizer que a série foi toda ruim? Não. Vou dizer que os personagens no final eram horríveis? Não. Mas vou dizer que cagaram tudo. A prova de que o final foi tão ruim é que não rolou nem uma lagriminha tímida, mesmo chorando em todo final de série/filme/novela.

Eu sei que vou superar tudo isso, mas por enquanto venham aqui e me abracem todos aqueles que viram uma série querida indo ladeira abaixo. Vamos chorar juntos.

Anúncios

8 comentários sobre “Temporada Final – Episódio: Decepção

  1. “comprei achando que passaria de Hannah Montana a Miley Cyrus” – HAHAHAHAHAHAAHAHAHAH… MUITO MARAVILHOSO ISSO! So pidia ter vindo de uma Luana… =D

    Eu assistia The Mentalist… parei… e agora com esse post, nao vou voltar… Eu ainda nao superei o final do Dexter, e peguei odio da ultima temporada do HIMYM… Ainda preciso ver como “Mad Men” vai terminar, mas tenho a sensacao de que sofrerei novamente…
    Quando terminou Breaking Bad eu perdi um amigo, sabe.., snif… saudades do Heisenberg…

    • HAHAHAHAHA ❤

      Breaking Bad é amor, HIMYM tb, vá ❤ The Mentalist eu não sei o que dizer, mas por consideração ao que era antes fui até o fim! Não é ruim, é frustrante 😦

    • Vi um monte de gente elogiando o final, você não está sozinha! Eu gostei e me apeguei aos personagens da última temporada, mas é aquilo, achei que faltou tempero no arroz&feijão deles. Acho que o que ficou em mim foi um sentimento de frustração mesmo, eram tantas teorias e possibilidades que eles terem escolhido a mais óbvia e depois ignorado tudo o que foram construindo desde a primeira temporada ficou meio que sem sentido pra mim 😦

      • Tá, vou comentar de novo então:
        Luana, vem cá me da um abraço e vamos tomar Cosmopolitans juntas! Sei bem como é essa sensação de decepção com algo que dedicamos taaanto tempo. Gossip Girl pra mim teve um fim ridículo, estilo: é o que temos pra hoje e se contentem com isso. The O.C. provavelmente aconteceu o que tu cogitou. Roteirista revoltado ou Diretor fazendo média com a família pra ajudar o sobrinho. Quem é que mata um dos protagonistas no auge da série?!?! E ai, teve uma última temporada sem noção. Revenge está indo pra esse caminho, teve duas primeiras temporadas MUITO promissoras e depois ao que tudo indica os roteiristas aproveitaram a nova reprise de Usurpadora e se inspiraram. Domingo agora sai o episódio final nos EUA e minhas expectativas estão quase negativas, de tão baixas. Ah, não posso esquecer de mencionar True Blood. Li (intencionalmente) todo um spoiler do último episódio no blog de uma amiga e simplesmente me NEGUEI a assistir a melecada que eles fizeram. Lost, final ok, amava a série e achei digno. E HIMYM série ok, final sem graça. Então… é issae. Entendo e compactuo com a tua dor kkkkkkk mas tbm sei que é só questão de tempo até encontrar outra série pra ficar viciada! :*

      • Abandonei Gossip Girl no meio do caminho, acho que fiz bem então! Revenge também parei na 2ª temporada e nunca mais me animei!! mas então vemk dar um abraço, vamos chorar as mágoas das séries todas! 😦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s