As teorias de How I Met Your Mother

No dia 31 de março de 2014 foi ao ar o último episódio da série How I Met Your Mother. Já faz um ano, mas eu ainda não consegui superar totalmente seu fim. Ela continua sendo uma das minhas preferidas e vez ou outra me pego assistindo episódios aleatórios.

Se você nunca ouviu falar sobre a série meu conselho é: corra atrás do tempo perdido porque a série é muito amor! ❤ Ela mostra a história de um grupo de amigos através da narrativa de Ted, que conta aos filhos como conheceu a mãe deles.

Um dos elementos mais marcantes da série são as teorias apresentadas durante as 9 temporadas, algumas sem pé nem cabeça, outras que fazem completo sentido, mas todas me fazem lembrar do porque que eu gosto TANTO da série! Então pra matar um pouco da saudade sugiro dar um play aqui nesse vídeo e relembrar teoria por teoria:

Teoria das azeitonas (1×01 – Pilot)

A teoria é baseada em Lily e Marshall, ele odeia azeitonas e ela adora, de alguma forma isso os torna um grande casal, em perfeito equilíbrio. Nesse mesmo episódio a teoria é desmascarada por Barney ao lembrar que Marshall na verdade gosta de azeitonas e aí descobrimos como essa teoria surgiu. No primeiro encontro com Lily ela perguntou se poderia pegar as azeitonas da salada dele e ele disse que odiava azeitonas para que ela pudesse ficar com as suas. Tudo porque, como o Marshall disse, “Esperei minha vida inteira por uma garota que quisesse minhas azeitonas”. No fim, mesmo com a teoria das azeitonas sendo furada, eles prometem fazer o relacionamento dar certo.

 

Lei do limão (1×08 – The Duel)

Criada por Barney a Lei do limão diz que nos primeiros 5 minutos de um encontro dá para saber se você vai ou não querer ficar junto da pessoa pelo resto da noite. Caso acredite que esses primeiros minutos não vá dar em nada não há porque perder tempo. É só passar para a próxima, sem ressentimentos.

 

Nada de bom acontece depois das 2 da manhã (1×18 – Nothing Good Happens After 2 A.M.)

A mãe do Ted já costumava dizer a ele: Quando passar das 2 da manhã apenas vá dormir, nada de bom acontece depois desse horário e provavelmente as decisões que você tomar a partir daí serão as erradas. Já para o Barney é a partir desse horário que as coisas boas acontecem e se tornam Legendary.

 

A teoria da estrada (2×12 – First Time In New York)

Relacionamentos são como estradas, pois há saídas que lhe permitem cair fora. A primeira é 6 horas depois de conhecer alguém, você conhece, conversa, faz sexo e vai embora quando a outra pessoa estiver no banho. As próximas saídas são em: 4 dias, 3 semanas, 7 meses, 1 ano e meio, 18 anos e a última é a morte.

 

– Escala Louca x Gostosa (Hot/Crazy scale) (3×05 – How I Met Everyone Else)

Um gráfico criado por Barney ajuda a decidir se vale ou não a pena investir em uma garota gostosa e maluca. Segundo ele a garota pode até ser maluca, desde que seja igualmente gostosa. Funciona da seguinte forma: você dá uma nota para a maluquice e outra para a beleza da garota, ao colocar o resultado no gráfico o ponto precisa estar sempre acima da diagonal Vicky Mendoza para poder valer a pena. O gráfico foi criado por causa de uma garota com quem Barney saia e vivia “pulando amarelinha” nessa diagonal, a cada surto ela compensava fazendo algo que a deixasse mais gostosa, o que acabava valendo a pena!

 

– Mandamento de Platina (3×11 – The Platinum Rule)

O mandamento diz basicamente “Nunca, nunca, nunca, nunca ame o próximo”. Não se envolva com alguém com quem você convive no dia-a-dia, caso contrário você verá a relação ir para o buraco em apenas 8 passos:

1º Passo: Atração – Você se sente atraído por algum motivo.
2º Passo: Negociação – Você se empolga com a ideia de sair com a pessoa e acha que o mandamento de platina não se aplica a você, tudo ficará bem no final.
3º Passo: Submissão – Surge uma oportunidade de estar com a pessoa e isso lhe parece uma boa ideia, você acha que se algo der errado poderá voltar atrás.
4º Passo: Benefícios – Você vê os benefícios que terá se entrar nessa relação.
5º Passo: Quando perde a graça – Passou a fase do encantamento inicial e você começa a querer mais espaço.
6º Passo: Purgatório – Você percebe que cometeu um erro e agora quer se livrar dele.
7º Passo: Confronto – Você precisa encarar a pessoa e por fim na relação.
8º Passo: Ruína – Você percebe que como se envolveu com alguém já presente no seu cotidiano e agora a convivência pós-relacionamento pode não ser tão fácil assim.

Bônus acrescentado por Ted: 9º Passo: Coexistência – É o momento que você percebe que todas as coisas ruins ficaram no passado e agora você pode continuar convivendo pacificamente com aquela pessoa.

 

A Cadeia do Grito (3×15 – The Chain of Screaming)

A cadeia do grito começa do alto, você grita com alguém para aliviar a tensão e se sentir melhor. A pessoa que ouviu o grito não pode retribuir o grito para a pessoa com autoridade superior por isso vai gritar com outro alguém, que vai gritar com outro alguém, que vai gritar com outro alguém.

 

Revertigo (3×16 Sandcastles in the Sand)

É um fenômeno que faz você agir diferente quando está perto de alguém que fez parte do seu passado, como se você voltasse a assumir a personalidade da época que conviveu com essa pessoa. Geralmente você não percebe que está sob esse fenômeno.

 

Efeito Líder de Torcida (4×07 – Not a Father’s Day)


As pessoas tendem a ser mais bonitas quando vistas em grupos. O efeito líder de torcida faz com que seja observado todo o conjunto, fazendo as pessoas parecerem mais atraentes do que realmente são, mas ao analisar individualmente você verá que não são tão bonitas assim. Como o próprio Barney diria, sozinhas são como “cães sarnentos”.

 

– Woo Girl (4×08 – Woooo!)


Ted explica que as Woo girls são garotas que, assim como o relógio cuco, tem seu nome derivado do barulho que fazem. O “wooo” pode vir de uma música, de bebidas, de quando um gostosão tira a camisa ou qualquer outra coisa, tudo pode ser motivo para um “woooo”. Robin diz que esses “wooo” escondem algum problema ou preocupação e ao fazer esse som as wooo girls, de certa forma, esquecem seus problemas, é como um desabafo em forma de grito.

 

– The Naked Man (4×09 The Naked Man)

É uma jogada que deve ser usada quando você sabe que não haverá um segundo encontro. Quando um cara não é inteligente, bonito ou charmoso a única chance de se dar bem com alguém que é muita areia para seu caminhão é com o elemento surpresa. Mitch é um cara que estava em um encontro às cegas com Robin, como ele não tinha algo muito interessante a ponto de conquistar as mulheres ele costuma usar essa jogada para dormir com elas. Funciona da segunda maneira:

1 – Em um primeiro encontro, depois de algumas bebidas e de perceber que não tem como o encontro ir para frente, você inventa uma desculpa para ir ao apartamento da pessoa.
2 – Assim que ela se ausentar da sala você apenas tira a roupa e aguarda.
3 – Quando a pessoa voltar ela vai rir da situação.
4 – Ao mesmo tempo em que rir ela vai ficar encantada com a sua confiança e acabará transando com você.

Segundo Mitch, o inventor da jogada, duas a cada três vezes da certo.



– Regra dos 3 dias (4×21 – The Three Days Rule)


A regra diz que você tem que esperar 3 dias antes de ligar para alguém que você pegou o número. Segundo o Barney quem inventou essa regra foi ninguém menos que Jesus, que esperou três dias para ressuscitar. Se ele esperasse apenas um dia antes de reaparecer as pessoas não saberiam que ele havia morrido e como o segundo dia seria um sábado as pessoas estariam ocupadas demais, por isso ele esperou até o terceiro dia, quando todos estavam se conformando com sua ausência.

 

Teoria do Sossegado e Alcançado (5×13 – Jenkins)

A teoria diz que em todo relacionamento há uma pessoa que é a sossegada e uma que é a alcançada. Enquanto uma encontra alguém que seja muita areia para o seu caminhão, a outra encontra alguém que seja menos que ela para sossegar. Por ser a pessoa mais bonita da relação, o sossegado não sente ciúme do alcançado.



Mito das Sereias (6×11 The Mermaid Theory)


Esse mito é contado por Barney que diz ao Marshall que quando marinheiros ficam presos em um barco por muito tempo sem companhia feminina eventualmente os peixes-boi começam a se parecer com sereias. Por mais que uma mulher pareça repugnante no começo, há o relógio da sereia, que é o tempo que você leva para perceber que quer transar com ela.

 

Óculos de formatura (6×20 – The Exploding Meatball Sub)


É uma teoria que diz que quando você vai se despedir de algo que fez parte da sua vida você fica nostálgico, mesmo que essa experiência não tenha sido boa. Isso acontece porque você sabe que aquilo ficará apenas no passado. É como durante o colégio quando você passa anos sofrendo bullying, mas no dia da formatura você fica saudoso porque nunca mais verá aqueles valentões que te maltrataram. Não se pode confiar nos óculos de formatura da mesma forma que não se pode confiar nos óculos de cerveja, óculos de dama de honra e os óculos “era só um celular velho no bolso da frente dele”.

 

Linha Ewok (7×05 – Field Trip)

Segundo Barney os Ewoks dividem os fãs de Star Wars em dois lados, os nascidos antes e depois de 25 de maio de 1973. Quem nasceu antes dessa data tinha pelo menos 10 anos quando o Retorno de Jedi foi exibido, portanto, era velho demais para gostar dos Ewoks. Quem nasceu depois dessa data ainda era criança e achava os Ewoks fofos por lembrarem ursinhos de pelúcia. Essa teoria é usada por Barney para deduzir a real idade da sua namorada, Nora.

 

Situação da Lagosta (8×09 – Lobster Crawl)

Ao descobrir que era alérgica a lagosta Robin desejou comer lagosta mais uma vez, mesmo sabendo das consequências que aquilo lhe traria. A situação se repete sempre que você descobre que não pode mais ter alguma coisa e por conta disso fica obcecada com a ideia de poder tê-la novamente. A solução para acabar com essa obsessão é se permitindo ter aquilo mais uma vez, mesmo que lhe faça mal, seja comendo a lagosta novamente ou reatando um relacionamento.



Efeito anel de noivado (8×14 – Ring Up!)

Quando uma mulher coloca um anel de noivado acontece a mesma coisa de quando Bilbo Bolseiro usa O anel em O Hobbit ou quando Harry Potter veste a capa da invisibilidade, o anel a deixa invisível e os homens deixam de lhe dar a atenção especial de antes. Usar um anel de noivado é dizer tchau para as regalias e bebidas grátis pagas por estranhos.

 

Teoria Dobler-Dahmer (8×15 – P.S. I Love You)

Um gesto pode ser considerado encantador ou alarmante, dependendo da forma que é recebido. Se duas pessoas estão na mesma vibração um gesto romântico pode funcionar (Dobler), mas caso uma das pessoas não queira esse gesto a atitude pode parecer psicopata (Dahmer). Por exemplo, você pode ficar feliz por estar sempre encontrando uma pessoa que você gosta nos lugares aonde vai, mas pode ser assustador se você não tiver nenhuma conexão com ela.

 

E aí, faltou alguma?

 

Anúncios

19 comentários sobre “As teorias de How I Met Your Mother

  1. Acho mancada me fazer chorar às 9h da manhã! Que post mais lindo e completo!
    E tenho que demonstrar sempre minha gratidão: obrigada, Luana, por me apresentar a série mais legendary de todos os tempos, muito mais que legendary que Friends 😛

  2. Faltou a teoria do “The peguei” quando duas pessoa falam juntas, a que disser “te peguei” primeiro faz a outra ficar calada até que seu nome seja pronunciado por alguém que estiver perto 😉

  3. Faltou a teoria da Lili, na verdade queria me lembrar de como ele é: aquela que você tem que fazer algo mesmo sabendo que pode ser um erro, mas vc tem que fazer pq se não fizer nunca vai saber se realmente seria um erro ou não, rsrs, é complicado!

    • Poxa, não lembro direito dessa, mas pesquisando vi aqui a frase da Lily: O maior erro seria não cometer um erro porque você vai passar a sua vida inteira sem saber se era um erro ou não (“the biggest mistake would be not to make that mistake because then you’ll go your whole life not knowing if something was a mistake or not”) 😉

  4. Post lindo, so senti falta de uma teoria q Nao é bem uma teoria, mas a Lily sabia quando a Robin mentia, e dizia : – Onde esta a sujeira Robin?
    Segundo ela era como se a pessoa fizesse a mesma cara que um cachorro quando enterra a sujeira.Era muito engraçado, do nada… – onde esta a sujeira Robin?
    – Droga!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s