Coisas para você fazer com essa tal liberdade

Se você está aí sem saber o que fazer com essa tal liberdade, sem saber o que fazer com esse fim de tarde, se fica aí ou muda de cidade, você tem duas opções: a- afogar as mágoas num pote de sorvete/copo de cerveja ou b- aproveitar toda essa liberdade e fazer algo com ela.

Considerando que você trabalha e/ou estuda, você já tem parte da sua liberdade ocupada. Para que você não passe a outra parte dizendo que andou errado e pisou na bola, abaixo você encontra algumas sugestões de como transformar essa liberdade toda em algo mais que lamentações. Siga meus conselhos e seus amigos que não precisarão mais ouvir seus mimimi´s agradecerão!

Não sofra, Alexandre! Tem umas dicas aqui…

Aprenda novos idiomas
Não precisa necessariamente ser uma língua que os outros falem e que você vai colocar no currículo. Se você é do tipo excêntrico, por que não aprender Alto Valiriano ou Klingon? Só é bom lembrar que caso haja dificuldade com o português talvez você deva aprimorá-lo primeiro. Ah, Língua do Pê não conta como idioma.

Explore seus talentos artísticos
Você sabe desenhar, é fã de cultura pop, se da bem com pincéis e tintas? Então olha só, há uma oportunidade de crescimento dentro da área “arte em pano de prato”. Atualmente esse mercado é dominado por flores, frutas e animais, mas quem sabe o futuro não seja encontrar zumbis, super-heróis ou até frases marcantes do cinema? Talvez só dependa de você.

Se aventure na cozinha
Dizem que cozinhar é uma terapia, então caso queira fazer algo terapêutico você pode tentar descobrir a receita da massa e do molho da Pizza Hut, depois é só vir aqui me dizer nos comentários (Ok, esse item é só porque eu realmente gostaria da receita, então se você tiver um tempinho para descobrir depois me conta, valeu!).

Transforme coisas simples em coisas complicadas
Estamos em uma fase que é só colocarmos a palavra ~gourmet~ depois de algum alimento simples que a coisa dobra de valor e todo mundo vai querer provar, seja o miojo gourmet, o gelinho gourmet ou a pipoca de microondas gourmet. Ok, ainda não vi desse último, mas pra aproveitar a onda e ainda descolar um extra eu começaria a pensar em maneiras de complicar o simples.

Transforme algo complicado em algo simples
Faça o caminho inverso do item anterior, pegue algo complicado e descomplique. Pode ser uma receita, uma fórmula matemática, uma nova maneira de lavar roupa, uma maneira de fazer um item de decoração charmoso & simples & barato & desejado, qualquer coisa, o que você tem que fazer é “só” descomplicar. Documente essas descomplicações em vídeos e suba no Youtube.

Entre para o Guinness Book
Se durante a sua vida você não fez algo tão memorável a ponto de escreverem uma biografia sua, faça algo para ficar gravado no Guinness Book. Você mais do que ninguém deve conhecer seus próprios talentos, então se gosta de comer biscoito e de dançar, seja aquele que comerá mais biscoitos enquanto faz uma performance Show das Poderosas, se você é bom em roncar enquanto dorme, pense no título de roncador mais afinado. Lembre-se que recordes muito estranhos já apareceram nesse livro, como a maior coleção de patinhos de borracha, a maior roupa de baixo ou o maior número de pessoas peladas em uma montanha russa, então vale tudo, algum talento você deve ter, use a seu favor.

 Alexandre depois que descobriu o que fazer com essa tal liberdade

Se nada disso der certo, relaxa! Você ainda pode se aprimorar como profissional, aprender um idioma pra valer ou ainda pode oferecer trabalhos voluntários por aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s